O dia em que o Brasil parou: 11 de julho foi apenas o começo

O Brasil parou no dia 11 de julho (quinta-feira da semana passada). Tratou-se do Dia de Nacional de Greves, Paralisações e Manifestações de Rua, chamado pelas principais centrais sindicais do país. O PSTU esteve o dia todo ao lado dos trabalhadores que paralisaram suas atividades (em todo o Brasil), e agora quer debater a importância deste dia. Na próxima sexta-feira (19), o PSTU/AL realizará a mesa “O dia em que o Brasil parou: 11 de julho foi apenas o começo”, às 18 horas, em sua Sede – Rua 13 de Maio, nº 75, Poço.

É uma oportunidade para debater o importante papel dos trabalhadores neste novo cenário político do país. O 11 de julho de 2013 foi um dia histórico e marcou a entrada em cena da classe trabalhadora nos protestos que varrem o país desde junho.

Alagoas, assim como todo o Brasil, parou neste dia. Foram bloqueios nas estradas e paralisações em vários setores, com destaque para a paralisação dos trabalhadores petroleiros e dos trabalhadores do Porto de Maceió. E ao final deste dia, os trabalhadores saíram em passeata, na luta contra os ataques dos governos! Por melhoria na vida dos trabalhadores, pelo fim da reforma da previdência, pela redução das passagens e inúmeras pautas específicas de cada categoria. Foram cerca de 5 mil trabalhadores e estudantes que, mesmo embaixo da chuva, foram às ruas lutar por seus direitos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário